• Campo aberto

    Cannabis no campus Nossos repórteres percorreram o campus e não tiveram dificuldade em se deparar com o consumo, a olhos vistos, de maconha nos limites da Universidade. Confira a reportagem aqui.
  • Ecos de ’68

    Mesmo com cursos há meses sem representação e com o eterno embate filiados x não-filiados, movimento estudantil (re)acende a veia política de estudantes que nunca se imaginaram em posição de liderança. Aqui.
  • Emergência

    Hospital das Cl�nicas Referência em Cirurgia da Obesidade e Cardíaca, Transplantes e Gestação de Alto Risco, o Hospital das Clínicas da UFPE é vital para os estudantes da área de saúde, mas não atua no atendimento a alunos. Saiba o porquê.
  • “Xerocando”

    Xerox ou fotocópia?Ilegal ou legítimo? Um estudante fotocopia, em média, mil páginas de livros por cada semestre. Entenda como a marca Xerox virou verbo e substantivo na gramática estudantil da UFPE
  • Multimídia

    Acesse aqui os vídeos, fotos e áudios produzidos durante as reportagens
  • 12345

    Saiba com quantas horas de gravação, solas de sapato, chás de cadeira e bloquinhos de anotação se faz uma reportagem. A gente não gosta de matemática, mas contabilizou tudo!
  • Repórteres

    • André Simões
    • Bárbara Siebra
    • camilapimentel
    • Carol Vasconcelos
    • Cecília Santana
    • clarissagomes
    • descampado
    • Glaucylayde
    • Gustavo Maia
    • Guilherme Carréra
    • ineshebrard
    • katianectorres
    • larajornal
    • lucianamartins23
    • luisafsantos
    • mariedelbes
    • Mirella Izídio
    • Mirella Pontes
    • Rafaella Correia
    • Rafael Sotero
    • sofiacostarego
  • Falem mal, mas falem de nós

  • Passaram por aqui

    • 81,902 hits

Mens sana, corpore sano

por Marie Delbès
marie.delbes@gmail.com

Alem de ser um espaço para aulas, pesquisas e estudos, o campus é também um lugar esportivo. Encontrar pessoas praticando esportes é comum: corredores na pista de cooper, trabalhadores e estudantes jogando futebol ou estudantes de educação física circulando de camiseta.

Cedo de manhã, os moradores vizinhos da UFPE acordam-se no cooper/ Foto: Marie Delbès

Além do curso de educação Física, o Núcleo de Educação Física (NEDF) propõe diferentes atividades esportivas para estudantes, professores da UFPE e moradores dos bairros vizinhos da universidade (Brasilit, Várzea, Engenho de meio, Roda de Fogo, Caxangá, Bom Pastor, etc.). “Há mais de 15 anos, desenvolvemos três projetos: o Viver Esportes, com atividades físicas para crianças de 5 a 14 anos, o Pronide, de iniciação e prática de esportes para deficientes físicos e o Participe Esporte, com treinamentos para adultos”, explica Edílson Fernandes de Souza, diretor do NEDF.

Os três projetos reúnem cerca de 1500 pessoas interessadas em aprender um esporte, atingir benefícios estéticos como desenvolvimento muscular e emagrecimento, ou simplesmente melhorar a saúde e diminuir o estresse. Cifra muito pequena se comparada às ofertas e aos números de estudantes e moradores da Cidade Universitária.

As crianças gastam energia nadando o peito e o crawl/ Foto: Marie Delbès

Duas vezes por semana, muitas mães acompanham suas crianças ao ginásio ou à piscina. No programa Viver Esporte, 800 crianças praticam obrigatoriamente natação e escolhem ainda duas atividades entre atletismo, basquete, vôlei e futsal. “Estas aulas trazem muito alegria, conhecimento, disciplina e um senso de rotina para as crianças”, afirma Jaqueline, professora de natação de um grupo de 17 meninos. “È um ótimo meio de descarregar toda a energia do meu filho”, diz a mãe de um garoto de 8 anos que não quis se identificar.

No Pronide, 80 famílias de deficientes físicos podem participar das aulas de atletismo e natação e outros esportes, tendo treinamentos seguidos todas quarta e sexta-feiras. “Faz oito anos que meu filho Eduardo pratica esportes aqui. Jogar com outros adolescentes e jovens é um verdadeiro prazer para ele”, disse Jacira Lira, mãe de Eduardo, 21 anos.

Jovens do Pronide praticam salto com vara na sexta à tarde/ Foto: Marie Delbès

O projeto Participe Esporte, por sua vez, promove hidroginástica, natação e musculação para cerca de 620 adolescentes e adultos.

Quem quer dar um pulinho ? / Foto: Marie Delbès

Também é possível nadar livremente na piscina ou ter treinamentos adaptados aos objetivos do esportista. “Não sei nadar, mas tenho a vontade de aprender. A cada aula faço pequenos progressos”, conta Adelma, moradora da Caxangá. “Quando era criança, nadei muito, depois deixei. Agora as aulas me permitem continuar a fazer uma atividade física, fora da pressão da universidade, e chegar novamente ao meu antigo nível”, comenta Thiago, estudante de história da Universidade de Pernambuco (UPE) e morador do bairro de Bom Pastor.

Quanto à hidroginástica, os treinamentos de duas ou quatro vezes por semana são vistos como um momento para se exercitar, ao mesmo tempo em que também proporcionam convivência e lazer a muitas mães.

Acompanhamento pessoal é proposto para a musculação/ Foto: Marie Delbès

Outra área bastante freqüentada é a sala de musculação, que está sempre cheia. Os freqüentadores, na maioria homens, fazem levantamento de peso, flexões e abdominais no ritmo da música tocada na sala. “Os praticantes se beneficiam de um acompanhamento pessoal. Cada um recebe uma ficha de treinamento que os orienta e permite conhecer suas progressões. Eu e os outros coordenadores estamos presentes também para mostrar os exercícios aos iniciantes e corrigir seus movimentos”, explica Adoniram Judson Pereira, coordenador da sala de musculação ao meio-dia e estudante do 5o período de Educação Física.

Sendo assim, de acordo com o seu perfil, objetivos e agenda, é possível aproveitar as atividades oferecidas e escolher uma que combine com as suas preferências.

(Marie Delbès é aluna intercambista da França)

Voltar à matéria principal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: